Make your own free website on Tripod.com

 

Maria Padilha

 

Maria Padilha é uma das principais entidades da umbanda e do candomblé; traz consigo o dom do encantamento

de amor é muito procurada pelas pessoas que sofre de paixões não correspondidas, sejam eles gays, lésbicas ou

heterossexuais. Suas oferendas são compostas geralmente de cigarros, champanhe, rosas vermelhas, perfumes, anéis e gargantilhas, batom, pentes, espelho, farofa feita com azeite de dendê. Suas obrigações são geralmente arriadas nas encruzilhadas de T. Aceita como sacrifício galinha vermelha, cabra e pata preta.

Mulheres que trabalham com esta entidade são geralmente belas, bonitas, atraentes e sensuais; são dominadoras

e de personalidade muito forte; sabem amar como ninguém mas com a mesma facilidade sabem odiar seus

parceiros amorosos.

Maria Padilha é protetora das prostitutas. Gosta do luxo e do sexo, adora a lua e odeia o sol. Suas roupas são

geralmente vermelhas e pretas assim como seus colares e sua coroa. Suas cantigas são muito alegres e cheias

de magia e segredos. É mulher de 7 exus, rainha dos cabarés e das encruzilhadas. Suas cantigas geralmente são inspiradas em temas de amores envolvendo homens.

 


Copyright by M☻rphine - 2005